Depoimento dos alunos

Ao autorizar a aplicação desta pesquisa na Penitenciária Semiaberta de Vila Velha - ES, a Secretaria de Estado da Justiça do Espírito Santo (Sejus) o fez com ordens expressas para que nenhum tipo de gravação de áudio ou vídeo fosse realizada durante sua execução.

Porém, a dedicação apresentada pelos alunos no decorrer do curso, nos motivou a fazer um apelo a Secretaria. O objetivo era externalizar o resultado dessa experiência com a criação de um pequeno documentário a partir do relato dos alunos, incentivando assim a realização de mais ações voltadas para a educação prisional, em especial daquelas que envolvem o uso de tecnologia.

A Sejus autorizou o pedido e o resultado desse breve documentário pode ser acompanhado a seguir.