Apresentação

O projeto de pesquisa Recompilando o Futuro é um produto do curso de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), que buscou desenvolver o pensamento computacional de pessoas que vivem em privação de liberdade, através da programação de computadores com a ferramenta Scratch.

Graças a uma parceria firmada entre o Ifes e a Secretaria de Estado da Justiça do Espírito Santo (Sejus), dez alunos que vivem em privação de liberdade na Penitenciária Semiaberta de Vila Velha - ES (PSVV) participaram desse projeto, que foi aplicado entre os dias 02 e 17 de dezembro de 2019.

Os resultados dessa pesquisa surpreenderam os pesquisadores e até mesmo os profissionais da Segurança Pública. E mostraram que, ao utilizar um material atrativo, que leva em consideração o conhecimento prévio desses sujeitos, é possível trabalhar as habilidades do pensamento computacional e ensinar conceitos básicos de programação de computadores para alunos de diferentes níveis escolares, inclusive para aqueles que nunca haviam tido contato com computadores antes.

Aqui neste espaço é possível encontrar todas as informações relativas ao projeto, como fotos, depoimentos dos alunos, reportagens e trabalhos científicos publicados, a dissertação de Mestrado contando em detalhes como essa experiência foi realizada, além das videoaulas que podem servir de base para replicação dessa experiência, inclusive em outros ambientes de privação de liberdade.

O que nos motivou a criar esse projeto?

A motivação para desenvolver esse projeto vem de uma passagem bíblica que diz: "Lembrem-se dos presos, como se estivessem na cadeia com eles..." (Hebreus 13:3).

A partir da leitura dessa mensagem, uma série de ações foram desencadeadas com o objetivo de trazer novas perspectivas de vida, através do estudo, para pessoas que vivem em privação de liberdade.